Webmail   |   Add favoritos   |   Definir como página inicial   |   Indicar um amigo
quinta.feira - 15 de novembro de 2018 - 2h4
 
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    




 

 
NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em decorrência da reportagem publicada na imprensa regional ontem (04/07) e de postagens em redes sociais, a Secretaria de Saúde, em nome da Prefeitura Municipal de Pomerode, sentiu a necessidade de apontar alguns esclarecimentos referentes aos índices de vacinação contra poliomielite.

A cobertura vacinal contra a poliomielite no município de Pomerode é de 95,35%. Utilizou-se como base o número de nascidos vivos no ano de 2017, que foi 409 e número de crianças menores de 1 ano vacinadas contra a poliomielite, 390 (com 3 doses completas).

Segundo a Técnica em Enfermagem, representante da Vigilância Epidemiológica de Pomerode, Simone Isabel Steffens da Silva, até meados de 2016 fazia-se um fechamento mensal de doses aplicadas de vacinas e digitava-se diretamente em um site do Ministério da Saúde (apenas a quantidade de doses aplicadas). "Em 2016 o MS passou a disponibilizar o SI-PNI (sistema informatizado do Programa Nacional de Imunizações). Esse sistema não recebe apenas números, mas também identifica a pessoa vacinada e tem como objetivo manter uma plataforma nacional de dados de imunização, evitando dessa forma, que a pessoa tenha que repetir esquemas vacinais por perda de caderneta de vacinação".

A técnica complementa relatando que "como o Município utiliza sistema próprio (Olostech), no final de cada mês esses dados são transferidos ao Ministério da Saúde, e aí iniciam os problemas. Através de diversos relatórios podemos verificar que os dados são exportados, mas não sabemos por que motivo não chegam a base federal. Após várias reuniões com a Olostech e Gerência Regional de Saúde concluímos que o problema está relacionado ao número do cartão nacional de saúde (concluímos isso em maio desse ano). Quando o cadastro do paciente na olostech está com registro de CNS provisório ou desatualizado, a informação não é transferida".

Conforme Simone Isabel Steffens da Silva, a "situação já foi apresentada à gestão e estamos verificando de que forma vamos conseguir resolver o problema. Mas uma coisa é fato: desde 2016 e da implantação do SIPNI a maioria dos Municípios do Estado não atingem mais a meta de vacinação".

Fonte: Assessoria de imprensa 3387-7273
Data: 5 de julho de 2018
  
 
 
 
 
 

Home     /     Imprensa     /     Localização     /     Contato




Prefeitura Municipal de Pomerode
Rua 15 de Novembro, 525 - Centro
Horário de funcionamento: 7h30 às 11h30 / 13h00 às 17h00.
CEP 89107-000 Pomerode - Santa Catarina
Fone. 47 - 3387.7200