Webmail   |   Add favoritos   |   Definir como página inicial   |   Indicar um amigo
segunda.feira - 27 de fevereiro de 2017 - 1h23
 
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    



 
Pomerode inicia 2017 sem registros de focos de dengue

A estação mais quente do ano geralmente concentra a maior parte dos casos. Secretaria de Saúde do Município de Pomerode segue atenta e orienta população sobre cuidados básicos.

O verão, uma das estações mais esperadas do ano, costuma ser sinônimo de diversão. Mas, trata-se de um período que requer cuidados em decorrência da chuva irregular e temperaturas altas. Para garantir que todos continuem seguros contra o mosquito da dengue, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa de Combate à Dengue, executa um trabalho continuado, que consiste em diversas ações.

 

“O foco principal da Vigilância Epidemiológica é trabalhar na educação e conscientização da comunidade, para evitar lixo e água parada, criadouros do mosquito. Além disso, o Programa de Combate à Dengue trabalha colocando armadilhas em locais específicos para detectar o quanto antes qualquer foco do Aedes aegypti e combatê-lo”, explica Simone Isabel Silva, da Vigilância Epidemiológica de Pomerode.

 

Segundo o Ministério da Saúde, de janeiro a maio, a transmissão pode ocorrer com mais intensidade. É quando o desenvolvimento do mosquito é mais rápido, assim como a transmissão. Os ovos podem permanecer grudados nos recipientes por 450 dias. Nos seres humanos, a permanência do vírus incubado pode durar de três a 15 dias. Classificada em tipos como Clássica, Hemorrágica e Síndrome de Choque de Dengue, a enfermidade pode levar a óbito.

 

Diferentemente de outros municípios do Vale do Itajaí, a exemplo das cidades vizinhas, Blumenau e Jaraguá do Sul, Pomerode comemora iniciar o ano sem registros de focos de dengue, fortalecendo o alerta para que a comunidade continue fazendo a sua parte.

 

Para prevenir os focos do mosquito alguns cuidados foram listados pelo Programa Combate à Dengue:

 

- Usar terra ou emborcar pratinhos usados nas plantas; lavá-los duas vezes por semana com bucha e sabão.

 

 - Guardar pneus em lugares cobertos.

 

 - Desobstruir as calhas, visando o não entupimento das mesmas.

 

 - Limpar os ralos de água pluvial.

 

 - Tampar os recipientes utilizados para armazenamento de água; lavar os baldes duas vezes na semana e quando for trocar a água.

 

 - Fechar qualquer espaço existente nas lavanderias usadas como tanque; mais de 70% dos casos em Aracaju se devem a essa prática.

 

 - Retirar entulhos; desde brinquedos abandonados no quintal até capacetes de motos descartados de maneira irresponsável.

 

 Toda pessoa que apresentar sintomas como febre, dor de cabeça e dor no corpo deve procurar uma unidade básica de saúde.

 

 

 

Fonte: Assessoria de imprensa 3387-7273
Data: 16 de fevereiro de 2017
  
 
 
 
 
 

Home     /     Imprensa     /     Localização     /     Contato




Prefeitura Municipal de Pomerode
Rua 15 de Novembro, 525 - Centro
Horário de funcionamento: 7h30 às 11h30 / 13h00 às 17h00.
CEP 89107-000 Pomerode - Santa Catarina
Fone. 47 - 3387.7200